Onde estamos

A Quinta da Casa Velha situa-se em Vale Travesso, freguesia de Nossa Senhora da Piedade, concelho de
Ourém, havendo em seu redor um conjunto de locais, atracções e recursos patrimoniais e naturais.

De destacar desde logo a proximidade ao Santuário de Fátima, situado na freguesia de Fátima e que
é destino de cerca de 6 milhões de visitantes anualmente. As actividades de espiritualidade que se
pretendem desenvolver na Quinta da Casa Velha, em associação com os trabalhos rurais e natureza que
potenciam momentos de retiro e paragem dos seus hóspedes, deverá ser interligada e partilhadas sinergias
com este centro turístico, cultural, religioso e espiritual. Aqui existem alguns Museus de interesse religioso
e espiritual, o Museu da Vida de Cristo, o Museu das Aparições, Casa-Museu de Aljustrel, o Museu de Cera,
entre outros.

Refira-se ainda a localização da Quinta da Casa Velha no eixo formado pelos Monumentos Património da
Humanidade – Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro da Batalha e Convento de Cristo de Tomar – um forte e
expressivo roteiro do património cultural em Portugal realizado por largas centenas de visitantes nacionais
e estrangeiros, fazendo com que estes elementos patrimoniais estejam entre os mais visitados (visitas
pagas).

Na própria freguesia de Nª Senhora da Piedade é de referir a Estação romana da Corredoura integrada
no Roteiro turístico de Ourém “Em redor de Abdegas”, a Ponte dos Namorados e a fonte do ribeirinho.
Em termos de património arquitectónico, existem aqui algumas Quintas e solares que valem a visita,
nomeadamente, a Quinta da Alcaidaria-Mór, a Casa do Barão de Alvaiázere, o Hospital de Santo Agostinho
e a Antiga Casa dos Magistrados. De alguma forma retratam a história da própria freguesia, devendo ser
apresentadas aos hóspedes da Quinta da Casa Velha.

Em Ourém, a cerca de 5 Km da Quinta, pode-se visitar a Casa do Administrador, o Museu Municipal, o
Castelo de Ourém e o Paço dos Condes de Ourém, algumas galerias de arte, Galeria Municipal e a Galeria
de Artistas e Artesãos Oureenses.

Ao nível dos recursos naturais existentes na envolvente da Quinta da Casa Velha são de destacar as
Serras de Aire e Candeeiros (que abrange povoações do sul do concelho) e onde se poderão fazer vários
percursos pedestres, o Agroal, praia fluvial em Formigais, onde se encontra a maior nascente do Rio Nabão
e a Pedreira do Galinha, jazida paleontológica das pegadas de dinossáurios da Serra de Aire, localizada no
Bairro.

De relevar, em termos de gastronomia e vinhos, o Vinho Medieval de Ourém, integrado na Associação de
Vinhos Históricos de Portugal, com sede em Ourém.
O vinho Medieval de Ourém tem a sua origem na fundação de Portugal, quando D. Afonso Henriques
celebrou com os Monges de Cister. Na gastronomia típica do concelho e a preservar na ementa da Quinta
da Casa Velha, são de relevar a morcela de arroz, a sopa verde, o Carneiro à Vale Travesso, o coelho com
couves à Conde de Ourém, entre outros.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s